Projeto “Praias sem Barreiras”

“Água como meio facilitador de novas experiências favorecendo o
relaxamento e privilegiando a socialização.”

Projecto pioneiro em Portugal, na praia do Cabedelo em Viana do Castelo, em Julho de 1999.

Do projecto faz parte um equipamento, o ”Tiralô®”, designado por alguns como um anfíbio, pois tanto anda no mar como na terra. A sua apresentação em Portugal foi nas jornadas “Mer et Handicap”, na “Exposição Universal de Lisboa” (EXPO 98), por Brigitte Berckmans e Ramon Espi.

O ”Tiralô®” foi criado por Robert Gigliot e foi executado num centro de ajuda pelo trabalho (CAT de Jurançon) e mais tarde adaptado pelo hospital “Marin de Hendaye” em França.

Recebeu a medalha de Bronze, pela Comissão Europeia, na categoria de inserção social em 1995, através do projecto Hélios II. Foi-lhe concedido o prémio do “Prix du Loisin”, no “Salon Autonomie” em 1996.

Em Maio de 1999 o ”Tiralô®” foi apresentado, em Viana do Castelo, pela equipa técnica de Hendaye em conjunto com o seu criador. Nessa altura foi assinado um protocolo com a Câmara Municipal e a APPACDM de Viana do Castelo, protocolo esse que se mantém ainda hoje.

Projecto de parceria da Câmara Municipal de Viana do Castelo, entidade financiadora e a Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão com Deficiência Mental (APPACDM) que organiza e supervisiona através da sua equipa de Terapeutas.

O objectivo consta em organizar a acessibilidade à praia e ao banho, criando infra-estruturas e equipamentos específicos, facilitando o acesso a todas as pessoas com mobilidade reduzida, promovendo a qualidade de vida usufruindo em pleno dos benefícios do meio aquático.

Os destinatários são pessoas com mobilidade reduzida, temporária ou não, pertencentes a instituições públicas, privadas ou a titulo particular.

A equipa que intervém directamente no projecto “Praias sem Barreiras” é constituída por um terapeuta responsável pelo serviço e três ou quatro voluntários sendo estes angariados em estabelecimentos de ensino superior nas áreas de saúde e educação.

Em 2005 foi introduzido um novo espaço no projecto, praia da Amorosa.

“A atitude Terapêutica como elemento facilitador na abordagem e
prestação do serviço."

“O ir e sentir as sensações do banho do mar, usufruindo desse
momento."

icon pdfEnquadramento do Projeto Praias sem Barreiras

 

Viana do Castelo, 28 de Outubro de 2005

Pelo Sector Terapêutico

Luisa Santos

CAO Centro de Atividades Ocupacionais - UrsulinasCAO Centro de Atividades Ocupacionais - João BarretoCAO Centro de Atividades Ocupacionais - ValençaCAO Centro de Atividades Ocupacionais - Ponte da BarcaCAO Centro de Atividades Ocupacionais - MonçãoCEPVI - Centro de Emprego Protegido de Viana do CasteloCentro de Educação e Formação Profissional de AreosaCentro de Reabilitação de Prado - MelgaçoCentro de Reabilitação de Ponte de LimaBENJAMIM - Centro de Acolhimento TemporárioCAO Centro de Atividades Ocupacionais - CabedeloResidências