4.ª Edição das Olimpiadas de Equitação Adaptada - Projecto

Esculturas de Rua

A 4.ª edição
Associada à VI Feira do Cavalo de Ponte de Lima.
21 a 24 de JUNHO 2012
 
Uma sociedade inclusiva é aquela que é capaz de contemplar toda a diversidade humana (…)
(Sassaki, 1999)
 
1. Introdução


Desde os tempos mais remotos que o cavalo assume nesta região um importante papel, não só enquanto meio de transporte para feiras e romarias, mas também como instrumento de trabalho nas actividades agrícolas potenciando a valorização de profissões como a dos mestres ferreiros que faziam do seu labor uma arte, infelizmente em desuso. Hoje em dia, estas vertentes foram substituídas por outras de cariz mais lúdico, inicialmente direcionadas para uma população mais abastada mas que fruto das iniciativas locais se vem progressivamente alastrando a um maior leque populacional. O cavalo é actualmente encarado, não só como uma fonte de prazer e divertimento, mas também como um instrumento terapêutico e principalmente como um desporto acessível a um amplo conjunto de pessoas de diferentes faixas etárias, numa perspectiva inclusiva e não discriminatória. A equitação adaptada permite desenvolver um vasto conjunto de competências, numa interacção de proximidade com o animal, competências essas que posteriormente se vão alargando a outros contextos e situações, contribuindo para a promoção do bem-estar físico, psicológico e social da Pessoa.

As esculturas de rua constituem uma forma de alargar a arte a um amplo grupo populacional, permitindo a um conjunto de pessoas que habitualmente não teriam acesso a este tipo de manifestação, usufruir dessa experiência. Deste modo consegue-se uma ampla divulgação da criatividade e engenho que os artesãos e artistas que decidam aderir a este projecto, permitindo ainda dar a conhecer novos talentos e perspectivas. Este evento tem também a particularidade de permitir embelezar o espaço da feira do cavalo, contribuindo para a dinamização do turismo nestes dias e potencializando o comércio local.

Desta forma eventos como a Feira do Cavalo e Olimpíadas de Equitação constituem-se como iniciativas de particular importância na promoção e divulgação da região, dos seus hábitos e costumes e das boas práticas locais, para além de favorecerem a partilha de experiências e fomentarem a inclusão social.

 

2. Desenvolvimento da Atividade

Descrição das Atividades:

A – Exposição de esculturas

  • Exposição de rua de escultura gigante relacionada com o Cavalo. Esta escultura será confeccionada conjuntamente por todos os participantes.

Com esta atividade pretende-se sensibilizar a comunidade para importância do cavalo nesta região e para a importância de reutilizar os materiais, conforme o regulamento em anexo, permite ainda a partilha de experiências e a divulgação de artistas e artesãos locais e nacionais.

B – Olimpíadas de Equitação

  • Na Expolima – Espaço da Feira do Cavalo em Ponte de Lima.

Serão constituídas por várias provas com níveis diferentes, permitindo assim, a participação de todos os praticantes da modalidade, independentemente da sua prática.

 

3. Objectivos

  • Partilhar experiências em igualdade de oportunidades;
  • Fomentar outras formas de expressão;
  • Estimular a criatividade;
  • Permitir uma maior interacção com (e na) comunidade;
  • Sensibilizar e divulgar a prática da equitação;
  • Potencializar os recursos locais e regionais com a participação activa da comunidade;
  • Promover a Pessoa em toda a sua envolvência.

 

4. População Alvo

  • Comunidade em geral, Qualquer pessoa pode inscrever-se para participar no projeto, podendo faze-lo quer nas provas de equitação, quer nas área de exposição.

 

5. Calendarização


21 a 24 de Junho – Feira do Cavalo – Exposição das Esculturas de Rua

21 e 22 de Junho – Olimpíadas de Equitação.



6. Espaço Físico

  • Expolima.

 

7. Organização

  • Equipa de profissionais do Centro de Reabilitação de Ponte de Lima;
  • Centro Equestre do Vale do Lima;
  • Município de Ponte de Lima;
  • Associação Profissional de Ponte de Lima;
  • Feiras Novas;
  • Escola Superior Agrícola de Ponte de Lima;
  • Academia Equestre João Cardiga.

 

 

agenda eventos praias 2021

 

livro reclamacoes red

 

 

 

 

plano de contingencia